Pode ocorrer complicações, na cirurgia de transplante de cabelo? Há como preveni-las?

As complicações médicas são inerentes ao procedimento cirúrgico, ou seja, podem ocorrer em qualquer indivíduo. Existem predisposições raciais para certas complicações.

A seguir descreveremos as possíveis complicações, sua prevenção e tratamentos.

– Alargamento de cicatriz de área doadora. Na grande maioria de pacientes a área doadora é quase imperceptível. Alguns pacientes que realizam várias sessões podem apresentar um grau maior de alargamento desta cicatriz. Retiradas de área doadora mais curta e larga, também levam a maior grau de alargamento. A forma de prevenir esta complicação é a retirada de área doadora fina e comprida que permita fechar a área sem tensão. O tratamento para esse alargamento de cicatriz é a retirada da área alargada e fechar novamente o local.
– Foliculite. Em alguns pacientes uma pequena porcentagem dos cabelos transplantados quando estão saindo formam pequenas foliculites (pequenos processos inflamatórios que devem ser rompidos). Numa pequena taxa de pacientes este processo é mais intenso. O tratamento e a prevenção desta foliculite é a utilização de antibioticoterapia, logo ao observarmos o fenômeno, durante todo o crescimento do cabelo. Se não tratado pode levar a perdas dos cabelos transplantados.
– Logo após o transplante de cabelos, a área receptora fica transitoriamente sem sensibilidade. Se o paciente não tomar cuidado, atividades rotineiras como sair do carro ou passar de baixo de uma porta mais baixa pode causar ferimentos na área receptora que levarão à necrose (morte da pele) da área receptora. Quando a necrose é pequena, a cicatrização ocorre e não há perdas de cabelos. Em necroses maiores, pode ocorrer perda dos cabelos transplantados. Mesmo assim, após da cicatrização do local necrosado, o cabelo pode ser transplantado novamente. O paciente deve tomar cuidado logo após a cirurgia, prevenindo esta complicação.
– Sangramento. Apesar de rara, pode ocorrer nos primeiros dias após a cirurgia. A compressão local por 10 minutos pelo próprio paciente é suficiente para corrigí-la.
– Soluços. É uma complicação rara em transplante de cabelos que ocorre logo após a cirurgia, mantendo-se por horas, e soluciona-se espontâneamente.
– Quelóide. É uma cicatriz de má qualidade em couro cabeludo. Extremamente rara, ocorre em pacientes negros. A prevenção é feita no exame clínico, no qual pergunta-se ao paciente se este tem problemas com sua cicatrização. O tratamento é feito com medicações, betaterapia, retirada desta cicatriz de má qualidade e nova sutura local.
– Há outras complicações descritas em literatura. Se quiser mais informações entre em contato conosco. Alguns cuidados devem ser tomados para diminuir as complicações em transplante de cabelos, como colocaremos a seguir:
– Um bom relacionamento médico-paciente. O paciente deve informar ao médico o que espera da cirurgia. O médico deve explicar detalhadamente todo o tratamento e os limites da cirurgia ao paciente. Isto é importante para não criar falsas expectativas no paciente que não possam ser alcançadas pela cirurgia. A consulta médica é imperiosa antes da cirurgia.
– Avaliação clínica e laboratorial para avaliação da saúde do paciente. Se for encontrada alguma alteração dos exames, deve ser corrigido, para a cirurgia ser realizada com segurança. Todos os cuidados antes e depois da cirurgia devem ser expostos ao paciente, como a não utilização de medicações que possam alterar a coagulação sanguínea (aumentar sangramento durante a cirurgia).
– A técnica cirúrgica a ser empregada pelo cirurgião deve ser atual e usual por seus pares, e ser atualizada constantemente.
– Equipe numerosa e treinada devidamente, equipamentos específicos para a separação dos folículos e colocação destes na área receptora são imprescindíveis para o sucesso da cirurgia e diminuição do tempo cirúrgico.
– Realização do procedimento em ambiente hospitalar. A realização deste procedimento em consultório não é segura e não deve ser realizada.
– Avaliação pós-operatória rigorosa. O paciente deve retornar ao consultório e, se não for possível, entrar em contato relatando sua evolução e tirando suas dúvidas. O paciente deve seguir todas as orientações de cuidados e medicações dadas pelo médico.

Compartilhe:

Avaliação online

Saiba qual o tratamento para queda de cabelo e o mais adequado para você.

Fazer avaliação online agora

FAÇA UMA BUSCA PELO SITE

O Cirurgião Capilar

O tratamento na calvície não acaba na cirurgia, nossa equipe é extremamente atenciosa com o paciente, garantindo todo o suporte necessário, antes, durante e depois na cirurgia. DR. SANDRO SALANITRI Especialista em implante capilar

Especialista em implante capilar

ENQUETE

    • Qual a sua maior duvida no transplante de cabelos?

      Carregando ... Carregando ...
  • Qual a sua dúvida? Entraremos em contato!