Pós Operatório

Cuidados

Pequenos procedimentos realizados a nível ambulatorial são mais rápidos em torno de 30 minutos a 1 hora, o paciente pode ir para casa. A cirurgia da calvície é longa, 4 a 8 horas, quando ela terminar você ficara algum tempo no centro cirúrgico sob observação, depois irá para o quarto. Comerá algo e depois terá alta ou, se quiser, poderá dormir no hospital e ir embora no dia seguinte. Será prescrito antibiótico por 7 dias e anti-inflamatório por 5 dias no pós-operatório. Não utilizamos curativo. A utilização de um boné ou lenço também é indicada para a proteção do local. No dia seguinte irá ao consultório para a limpeza do couro cabeludo pela enfermeira. Nos primeiros dias lavará a couro cabeludo com cuidado com shampoo neutro sem utilização de água muito quente ou sob pressão, banho normal depois da primeira semana. Solicitamos repouso após a cirurgia na cama com três travesseiros nas costas por 2 dias.

Até 5 dias após a cirurgia o paciente pode apresentar um grau variável de inchaço na testa que progressivamente vai para os olhos e raiz do nariz até desaparecer progressivamente. No primeiro mês é normal a região transplantada ficar avermelhada. O paciente pode retornar à atividade profissional desde que se sinta bem 2 a 3 dias após a cirurgia. Atividades físicas leves após 7 dias e pesadas após 2 semanas. Exposição ao sol 1 mês após a cirurgia, exposição ao sol do dia a dia pode ser feita com um boné.

No caso da FUT os pontos são retirados em 7 dias. Se os cabelos forem transplantados compridos, o paciente terá uma ideia do resultado, logo após a cirurgia, nos primeiros dias o paciente deve penteá-los com muito cuidado, nas outras técnicas os cabelos são transplantados curtos, portanto não aparecem. Durante os primeiros dias aparecerão crostas no couro cabeludo, que irão se soltando espontaneamente, o óleo Johnson por 5 minutos antes de lavar, na região transplantada, ajudará a soltar as crostas. A grande maioria dos cabelos transplantados começarão a crescer nos primeiros dias após a cirurgia, porém, cairão após algumas semanas, pois os folículos interpretam a cirurgia como uma agressão, induzindo os folículos à fase telogênica ou de queda, voltando a crescer em torno de 4 a 7 meses. Alguns cabelos encravados podem aparecer durante os 7 meses de crescimento e devem ser exteriorizados pela equipe médica, são as foliculites, pequenos pontos de pus no couro cabeludo, parecidos com uma “espinha na pele”, isto é normal. Caso ocorra em grau acentuado, o médico deve ser informado para entrar com medicação antibiótica, orientamos o paciente a limpar a mão para coçar a cabeça durante esse período. Alguns cabelos, no início do crescimento, podem crescer com aspecto um pouco diferente do normal é transitório. A integração e crescimento dos enxertos pode ser evidenciada em torno de 8 meses, quando os cabelos já nasceram e cresceram o suficiente para a avaliação. Em caso de uma segunda sessão, o início do crescimento pode demorar um pouco mais de 4 a 8meses. Na grande maioria dos casos é indicado um tratamento clínico após a cirurgia.

Tratamento Clínico

Os cabelos transplantados, geralmente, nunca mais caem, desde que forem retirados da nuca e acima das orelhas, regiões nunca acometida pela calvície androgenética, chamada de área segura, não adianta tirar cabelo de uma região que tem risco de alopecia androgenética, eles poderão cair no futuro. Mas o cabelo que já se encontravam na região acometida pela calvície androgenética podem cair um dia, pois essa calvície é evolutiva, levando à necessidade de um novo procedimento no futuro. Compete ao profissional realizar um transplante que fique esteticamente favorável, mesmo com a evolução da calvície e o não interesse do paciente em realizar um novo procedimento. O tratamento da calvície androgenética pode ser realizado após o transplante de cabelos para retardar sua evolução. As medicações hoje utilizadas são o Minoxidil tópico a 5% e a Finasterida utilizada por via oral na dosagem de 1 mg diariamente. Porém, o paciente deve ser avaliado clínica e laboratorialmente, informado dos efeitos colaterais das medicações e manter-se assistido pelo seu médico, inclusive com exames laboratoriais frequentes. O laser de baixa frequência também tem mostrado bons resultados no tratamento da alopecia androgenética e também pode ser utilizado sob orientação médica.

Avaliação online

Saiba qual o tratamento para queda de cabelo e o mais adequado para você.

Fazer avaliação online agora

FAÇA UMA BUSCA PELO SITE

O Cirurgião Capilar

O tratamento na calvície não acaba na cirurgia, nossa equipe é extremamente atenciosa com o paciente, garantindo todo o suporte necessário, antes, durante e depois na cirurgia. DR. SANDRO SALANITRI Especialista em implante capilar

Especialista em implante capilar

ENQUETE

    • Qual a sua maior duvida no transplante de cabelos?

      Carregando ... Carregando ...
  • Qual o seu problema?